Categorias: Outras ideias

INFOGRÁFICO: 8 itens importantes para fazer uma festa memorável

Fazer uma festa e, ao final dela, deitar no sofá com os sapatos na mão e pés cheios de calos e crer que – de tão cansada – nunca mais vai conseguir levantar. Isso não é mérito de poucas pessoas. Mas o que fica de recordação não é essa cena, mas sim a anterior. O prazer de receber parentes e amigos queridos, de registrar momentos inesquecíveis, de compartilhar alegrias e ver que tudo (ou quase, normalmente) transcorreu bem e sem maiores imprevistos (que sempre acontecem, não se engane!).

Fazer uma festa é prazeroso, mas também trabalhoso, oneroso e cansativo. Se não investir tempo em pensar certas coisas, você pode acordar no dia seguinte com aquele sentimento de vazio. Digo porque eu mesma já passei por isso e refleti sobre quais pontos poderiam ter sido melhores. Pensando nisso, preparei um infográfico sobre 8 itens importantes para fazer uma festa memorável. Leia com atenção :

8-itens-necessarios

Por:
Passei muito tempo da minha vida querendo entender quem eu era, pois fazia muitas coisas diferentes e aparentemente desconexas. Hoje, sou bancária, bailarina, atriz (nas horas vagas), gosto de pintar, cozinhar, fazer scrap e artes manuais em geral, sou mãe, esposa e cristã. Coisas que se entendem entre si, pois esta sou eu. Espero que esse cantinho virtual seja um espaço agradável, como o aroma refrescante do orvalho da manhã ou o cheirinho peculiar do café novinho no fim de tarde. Seja bem vindo(a)! Entre e sinta-se em casa.

Retrospectiva 2012: festas, eventos e muitas artes

Fazendo uma ligeira retrospectiva de 2012, fico muito feliz em ver o quanto aprendi, melhorei, penei, penei e penei, mas tirei valiosas lições. Meu joelho resolveu me dar uma folga e, apesar dos choques que comecei a sentir, três meses de licença do trabalho para fazer exercícios e tomar um remedinho maravilhoso foi o suficiente pra voltar ao trabalho com força total, apesar das limitações que entendi serem permanentes.

Foi um ano de muitos desafios – pessoais, profissionais e ministeriais (com relação à minha função dentro da igreja e como integrante do Corpo de Cristo). Momentos de cansaço extremo, mas com vontade de fazer o que era necessário apesar de mim mesma.
Aprendi muitas coisas no âmbito das artes culinárias. Propus-me a fazer algo novo sempre que possível e fui agraciada com pratos maravilhosos e alegria por parte de quem degustava. Avancei no sonho de ter uma empresa de confeitaria. Até agora não sei bem que espaço minha futura empresa deverá ocupar (são tantas possibilidades!!!!), mas sei que será muito estimulante a cada desafio.
Vi que virei uma mulher festeira, que a alegria de receber pessoas e oferecer o melhor tem crescido cada dia mais em meu coração. Fazer tudo com excelência tem sido um desafio grande. Palpavelmente, vou mostrar os eventos 2012, muitos dos quais nem cheguei a postar aqui por falta de tempo.
Dia das mães

 

 

 

 

 

 

Dia dos pais

 

 

Pré conferência L’Abrarte

 

 

 

 

 

 

 

 
Encontro de mulheres

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aniversário de Samara (um dia de piquenique)

 

 

 

Conferência L’Abrarte

 

 

 

 

 

 

Apresentação do Insigne Metal Ópera
Palavrantiga
Mesa redonda durante a Conferência
Honra de termos recebido Marleen Rookmaaker, Albert (ambos da Artway) e Rodolfo Amorim (L’Abri Brasil)
 
Festinhas do trabalho

 

Meninas do trabalho posando para uma das muitas fotos que foram para o mural na decoração da festa

Natal

 

 

 

Preparativos para o jantar de ano novo

 

Também em 2012 fiz muitas peripécias. Desmontei, montei, lixei, brinquei de pintar, construí e desconstrui.
Viajei, brinquei, me entristeci, adoeci, levantei, reclamei e andei. Olhei pra trás e vi que 2012 foi um ano excelente, graças ao meu bom Pai! E que venha 2013 cheio de novos desafios!
Este ano quero…
aprender a perseverar mais e ter mais paciência com as coisas que não posso mudar;
quero ousar, investir, empreender;
quero ter mais tempo pras pessoas, receber mais gente em casa e aprender com cada uma delas;
quero amar assim como me amo, e por isso desejo me amar intensamente;
quero cuidar mais de mim, como mereço ser tratada;
quero contemplar os lindos campos em frente à minha casa mais vezes;
quero correr sem pressa, quero pôr os pés na grama todos os dias;
quero aprender a costurar, reaprender a amar ler e desaprender a fazer as coisas que não me acrescentam nada;
quero sorrir mais, chorar um pouco menos e gritar sozinha sempre que necessário;
quero voltar a dançar, mesmo que seja com uma perna só;
quero me encantar com as pequenas coisas, pois Deus – que é infinitamente Grande – está em todas elas.
Beijos e um ótimo ano pra todos!

 

Por:
Passei muito tempo da minha vida querendo entender quem eu era, pois fazia muitas coisas diferentes e aparentemente desconexas. Hoje, sou bancária, bailarina, atriz (nas horas vagas), gosto de pintar, cozinhar, fazer scrap e artes manuais em geral, sou mãe, esposa e cristã. Coisas que se entendem entre si, pois esta sou eu. Espero que esse cantinho virtual seja um espaço agradável, como o aroma refrescante do orvalho da manhã ou o cheirinho peculiar do café novinho no fim de tarde. Seja bem vindo(a)! Entre e sinta-se em casa.

Chá do Dia das Mães: amor nos detalhes

Após uns dias sumidinha, cá retorno ao lar cheia de novidades e alegria no coração. Se você ainda não sabe, estava preparando o chá para o dia das mães, que como já citei por aqui era pra ser inicialmente só com o bolo e pouquíssimos aperitivos. Como a mudança de planos foi inevitável, acabei me empolgando demais da conta. Mas tem nada não, foi ótimo!!!

Tenho que dizer que fiquei muito feliz com o resultado, principalmente levando em consideração o pouco tempo disponível pra os preparativos. No fim das contas, vi as fotos e constatei que estou pegando o jeito em preparar festinhas caseiras. Além disso, no processo acabei acumulando conhecimentos já na lista de pendências faz muito tempo. Estou aprendendo a fazer crochê, lidando melhor com agulhas de um modo geral e já pensando por conta própria (sem ajuda de fotos de outras pessoas) nos detalhes que compuseram o ambiente. Ah, também tive a oportunidade de fazer os pompons de papel seda. Coisas simples que fizeram um bem danado pra mim! A-M-E-I.
Pra começar, optei por fazer o chá ao ar livre, pois é bem mais ventilado e dava pra monitorar a criançada eufórica brincando. Também ficou mais bonito e espaçoso. Coloquei duas mesas de apoio – uma com as comidas e a outra com as lembrancinhas da festa.
Para as lembrancinhas, comprei retalhos de tecidos estampados com predominância das cores rosa, azul, vermelho e branco. Cortei os tecidos em formato de coração e costurei à mão. Nada difícil, não é? Depois enchi com espuma e preguei botões ou lacinhos. Usei o aromatizador da LeLis (que já uso em casa pra aromatizar os ambientes) e fechei em saquinhos pra manter o cheirinho. Almofadinhas aromáticas pra uso no guarda-roupa prontinhas!
chá dia das mães
Outras lembrancinhas foram os aventais que comprei numa loja de artigos de R$ 1,99. Estas não foram pras mães, mas sim pros filhos. Cada filho recebeu um avental com uma frase personalizada e já “ditando” a sua contribuição para esse dia tão especial. Lavar louça, enxugá-la, varrer a casa, passar o pano, entre outras obrigações mais do que justas, pois mãe não é louca deve trabalhar (pelo menos, meu Pai!) no seu dia.
chá do dia das mães
Aproveitei os quadrinhos de MDF que já tinha e fiz as letras do nome MÃE pra decorar e também fazermos charme nas fotos. hahaha Deixo você com a coletânea das fotos do dia.
chá dia das mãeschá dia das mãeschá dia das mãeschá dia das mãeschá dia das mães
Para o cardápio, tive a pretensão de tentar preparar pratos saudáveis e sem acréscimo de leite condensado ou creme de leite. Consegui! Então, ficou assim:
  • Quiche de abobrinha aos 3 queijos
  • Quiche de espinafre, rúcula e ricota
  • Scones de uva passa (veja a receita AQUI)
  • Biscoitos decorados por minha filha
  • Aperitivos de ovos de codorna com requeijão e cebolinha
  • Torta crocante de nozes com pêra, damasco e laranja
  • Palitinhos de alecrim com queijo
  • Palitinhos de salsa com queijo
  • Chá mate com limão/suco/café
Fazer tudinho sozinha exigiu um plus organizacional de mim, pois tive de direcionar horários livres à noite pra adiantar alguns pratos. Na verdade, queria fazer até mais coisas, mas a falta de tempo no dia do chá me restringiu um pouco. Paciência!
Estimulada pela minha cunhada, acabamos fazendo o primeiro Chá da Troca aqui em casa. Cada mamãe trouxe 5 peças (blusas, calças, bijus, bolsas e até enfeites de casa) e fizemos o leilão para as trocas. Muito divertido! Excelente! Explicarei melhor depois…
chá dia das mães
untitled-design-38chá dia das mãesNa ordem (da esquerda pra direita), destaco as mamães: minha sogrinha Dorivan, Rita, Lena, Evangeline, Ellyna, Nara, Leciana e eu. Todas as fotos passaram pelas lentes criteriosas da minha irmã mais que artista de plantão – Narah Alves. Ela, que é uma tremenda profissional e que ama fotografar crianças, está se especializando também em registrar detalhes das festas. Bom pra nós, né?
Por hoje é só. Mas não se preocupe que as receitinhas dos pratos mencionados virão depois.
Se gostou da postagem, comenta aqui embaixo que vou amar saber o que você achou.  Conto com você pra melhorar as próximas postagens! ;D
Por:
Passei muito tempo da minha vida querendo entender quem eu era, pois fazia muitas coisas diferentes e aparentemente desconexas. Hoje, sou bancária, bailarina, atriz (nas horas vagas), gosto de pintar, cozinhar, fazer scrap e artes manuais em geral, sou mãe, esposa e cristã. Coisas que se entendem entre si, pois esta sou eu. Espero que esse cantinho virtual seja um espaço agradável, como o aroma refrescante do orvalho da manhã ou o cheirinho peculiar do café novinho no fim de tarde. Seja bem vindo(a)! Entre e sinta-se em casa.